Início > Alimentação > Conheça (de verdade!) o que são os alimentos orgânicos
Postado no dia 11 agosto, arquivado na categoria Alimentação

Tudo que envolve uma alimentação saudável está na moda, a busca por uma qualidade de vida contribuiu muito para essa mudança de hábitos. As pessoas estão mais motivadas a fazerem exercícios físicos e a comer melhor. Sendo assim, os produtos orgânicos estão cada vez mais populares nos lares dos brasileiros, mas ainda existem muitas dúvidas sobre como ocorre o processamento desse tipo de alimento, e a diferença dos orgânicos e não orgânicos.

Para esclarecer algumas dessas questões, o professor e engenheiro agrônomo, do curso de agronomia da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) de Campo Grande-MS, Lucas Castro Torres, explica que a produção dos alimentos orgânicos, sejam eles de origem vegetal ou animal, envolve um grande planejamento de produção. “Nessas propriedades orgânicas são utilizadas técnicas que respeitam o meio ambiente, trabalhando de forma integrada. Isso influencia positivamente na manutenção da biodiversidade, e contribui para a sustentabilidade desse conceito de produção de alimentos” diz.

Um produto se torna orgânico quando a sua produção é feita sem nenhum tipo de agrotóxico, fertilizantes sintéticos ou transgênicos, e sem o uso de aditivos. “Os produtos orgânicos são livres de resíduos de agroquímicos que podem prejudicar a saúde humana e animal, sendo, portanto mais seguros para o consumidor, e não contaminam o meio ambiente“, esclarece Lucas.

Alimentos orgânicos

Mas como você pode identificar se o que está comprando orgânico ou não? Fácil. Nos supermercados a identificação é feita por um selo do Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade Orgânica (SisOrg), do Ministério da Agricultura. Já aqueles produtores independentes que vendem esse tipo de produto, devem apresentar uma declaração de conformidade orgânica, ficando dispensados do uso do selo.

O consumo de alimentos orgânicos tem crescido nos últimos anos

Segundo o professor Lucas, o aumento pela procura de produtos orgânicos se deve ao interesse crescente do consumidor em conhecer a origem do que está consumindo e entender como foi feita a produção e principalmente para comer alimentos mais saudáveis. “A área ocupada pela produção orgânica no país, em 2017, deve passar da marca dos 750 mil hectares registrados no ano de 2016” diz.

De acordo com a Coordenação de Agroecologia (Coagre) da Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo (SDC), o cultivo de produtos orgânicos está presente em 22,5% dos municípios do Brasil. Em 2016 foram alcançadas cerca de 15,7 mil unidades produtoras de orgânico, enquanto em 2013 existiam por volta de 6,7 mil. O Centro-Oeste possui 101,8 mil hectares para produção orgânica.

E pra quem pensa que só dá pra produzir alimentos orgânicos quem tem fazenda, está muito enganado! Se você tiver um quintal pode montar uma horta, com hortaliças e ervas de temperos. Mas em apartamentos também dá. É muito comum a venda de vasinhos com temperos que são orgânicos e você sempre terá alimentos frescos para as suas refeições. O professor ainda complementa “Existem diversas publicações que podem ser consultadas facilmente na internet, livros e outros. O Ministério da Agricultura disponibiliza vários documentos (cartilhas) sobre o assunto“, finaliza Lucas.

Newsletter

Criadora do blog, apaixonada por moda e maquiagem. Movida por sonhos. Ama música, sol e praia.

Comentários no Facebook

Deixe sua opinião

Seu email não será publicado.



*

  1. Leticia Westin

    11 de agosto de 2017

    Adoro saber mais sobre esses assuntos. Adorei o post.
    Beijinhooos. ❤
    http://www.amordeluaazul.com.br

  2. Vanessa

    12 de agosto de 2017

    Realmente, nunca tinha entrado a fundo nesse assunto. Amei a informação do post!

    Bjinhos,
    ❥ AmigaDelicada.com