Início > Lifestyle > Dicas para uma alimentação simples e saudável para o seu filho
Postado no dia 12 dezembro, arquivado na categoria Lifestyle

Falar sobre alimentação saudável infantil deixou de ser recomendado para se tornar urgente. Com o aumento da alimentação artificial e industrializada em nosso cotidiano, abrir espaço no prato da criança para alimentos saudáveis é um desafio que deve ser encarado diariamente.

Não é fácil competir com os alimentos que já vem prontos do supermercado. Eles são mais práticos, cabem em qualquer bolsa ou lancheira, estão recheados de sabor ultraprocessado e acabam conquistando as crianças, mas nem por isso devemos deixar a alimentação saudável infantil em segundo plano.

Quando temos filhos pequenos, controlar a alimentação é muito mais fácil. Eles se acostumam a comer o que damos a eles. Entretanto, as crianças crescem, desenvolvem seus próprios interesses e encontrar o equilíbrio entre alimentos saudáveis e guloseimas é a meta.

Já imaginou como seria fácil se nossos filhos seguissem a alimentação saudável infantil que recomendamos? O que parecia impossível, pode acontecer com algumas dicas simples e infalíveis! Confira abaixo:

●     Cardápio


A alimentação saudável começa pelo cardápio. Quanto mais você insere alimentos saudáveis nas refeições da casa, melhores serão os resultados em convencer seus filhos de que aquele cardápio é o melhor para eles.

Evite refeições pesadas, extremamente gordurosas e repletas de produtos ultraprocessados. Investir em um cardápio com mais alimentos orgânicos, temperos naturais e aquela comidinha de mãe é o primeiro passo para conquistar o paladar das crianças.

●     Refeições


A alimentação saudável infantil não se trata apenas de escolher refeições orgânicas e naturais. Estabelecer horários para as refeições e evitar as distrações também faz parte dessa balança.

Defina horários para tomar café da manhã e café da tarde, almoçar e jantar. Evite que seu filho coma produtos industrializados em horários próximos aos das refeições principais para que ele não perca o apetite.

Se seu filho está na escolha, faz algum curso ou atividade física, passando tempo fora de casa, você pode preparar a lancheira dele com lanches feitos em casa ao invés de comprar algo pronto no mercado. Nada melhor que montar aquele Kit comidinha infantil em casa, certo?

●     Diálogo


Como citamos acima, chega uma idade em que os filhos desenvolvem preferências e encontrar o equilíbrio entre os ultraprocessados e industrializados que ele gosta com os alimentos saudáveis deve ser sua missão. Entretanto, forçar não é uma boa ideia.

Aprenda a dialogar com a criança. Se seu filho não gosta de um prato ou alimento em específico, proponha alternativas, converse e mantenha o papo aberto para que ele coma o que deseja de forma saudável. Refeições forçadas não são nada legais!

Newsletter


Criadora do blog, apaixonada por moda e maquiagem. Movida por sonhos. Ama música, sol e praia.

Comentários no Facebook

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.