Medalhas: conheça os tipos – Taay Vargas - Estilo de Vida - Taay Vargas
Medalhas: conheça os tipos

NEWSLETTER Deixe seu melhor e-mail para receber nossas novidades!

Medalhas: conheça os tipos
Estilo de Vida 24 de fevereiro de 2022

Medalhas: conheça os tipos

Para marcar um período ou mostrar diferenciação em algum ato de honra, como um esporte, é comum ganhar uma medalha. Esse pequeno objeto é repleto de significado e incentiva todos que a recebem.

Não existe modo de falar de medalhas sem lembrar das Olimpíadas, afinal é a peça mais desejada e admirada, mas há muito tempo ela se faz presente e sua história vai muito além das competições esportivas. Conheça um pouco mais sobre o artefato e seus tipos:

Onde surgiram as medalhas

As medalhas vem do italiano “medaglia”, uma simbologia importantíssima há centenas de anos culturalmente. Os primeiros exemplares eram feitos por escultores, em peças únicas e ainda mais valiosas, com o tempo passou a ser feita em larga escala, mas ainda carrega um enorme valor sentimental. O formato foi inspirado nas moedas, mas cada qual com seu valor, sendo uma direcionada ao poder de compra e outra aos sentimentos e méritos.

Os primeiros indícios das medalhas são da Itália, em meados de 1438, para presentear indivíduos em nomeações políticas, militares, esportivas e até artísticas. Já a mais conhecida de todas, a medalha de ouro olímpica, entrou em substituição das coroas, que eram dadas ao primeiro lugar, e em 1904 foram criadas variações para segundo e terceiro, cada qual com a diferenciação em seu metal.

Curiosidades sobre os tipos de medalhas

Tamanho

São diversos tamanhos de medalhas, desde o mini até o medalhão, eles influenciam na possibilidade de personalização do evento e apelo visual, pois geram o mesmo sentimento durante a entrega. 

Desenhos

Os desenhos impressos na medalha dizem muito sobre a ocasião. Para algo mais simples, o tradicional “honra ao mérito” é o escolhido, onde as peças são compradas prontas e com uma gravura que mostra um pouco do tipo de atividade ou seja neutra, bolas, jogadores e até a tocha olímpica costumam ser usados. Já as personalizadas são fabricadas de acordo com o evento, assim o nome e outras especificações tornam a peça ainda mais valiosa.

Material

Qualquer medalha, com exceção das confeccionadas de maneira personalizada, são fabricadas em um metal, como o aço ou latão, e pode receber um banho de ouro ou outro metal nobre. O mesmo ocorre até nos jogos olímpicos, onde a medalha de ouro é apenas banhada e não maciça. 

O material é escolhido de acordo com orçamento do evento, mas geralmente em cores que separem a posição dos vencedores. Normalmente o primeiro lugar é marcado pelo dourado (de ouro), segundo o prateado (de prata) e terceiro o com bronze. Essa separação tem uma razão clara, a raridade de cada metal, sendo o ouro o mais nobre e difícil de encontrar, enquanto o cobre é muito mais fácil e possui menor valor.

Fabricação 

Muitas empresas se dedicam à arte de fabricar medalhas, mas quando o evento tem um tamanho grande a atenção é redobrada. Cada país que sedia as Olimpíadas, por exemplo, deve escolher uma empresa para a produção, no Brasil a Casa da Moeda foi a responsável


Criadora do blog, apaixonada por moda e maquiagem. Movida por sonhos. Ama música, sol e praia.

Comentários no Facebook

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.


*

NAVEGUE PELOS LUGARES QUE JÁ PASSEI