Reprodução Humana: O que é? – Taay Vargas - Estilo de Vida - Taay Vargas
Reprodução Humana: O que é?

NEWSLETTER Deixe seu melhor e-mail para receber nossas novidades!

Reprodução Humana: O que é?
Estilo de Vida 7 de março de 2022

Reprodução Humana: O que é?

O nascimento de uma criança pode mudar permanentemente a vida dos pais, além de ser um momento sublime. Por esses motivos, esse é um sonho de muitas pessoas, a geração de uma nova vida. Isso é feito através da reprodução humana, mas que se diferencia de acordo com o método usado para gerar a vida.

Apesar de acontecer, na maioria dos casos, naturalmente, é bastante complexa a reprodução humana, pois existem muitos adendos em cada etapa e até os dias de hoje é estudada pelos médicos e cientistas, sendo segmentada com profissionais destinados especialmente para esse fim que também realizam os métodos artificiais. Conheça um pouco sobre alguns métodos de reprodução e como ocorrem:

Reprodução natural

Não existe modo mais tradicional e conhecido que a gestação gerada naturalmente, mas infelizmente não são todos que conseguem completar esse processo. Ele ocorre com a relação sexual entre homem e mulher, onde os fatores fisiológicos são usados na geração do bebê. 

Essa ainda é a maneira mais praticada, quando nenhuma das partes conta com problemas relacionados à infertilidade e possuem idade fértil, no caso das mulheres. Caso ocorra alguma dificuldade no método natural é preciso procurar um especialista, que pode ajudar inicialmente com o coito programado, onde é definido o melhor dia para a fecundação, ou partir para outras técnicas mais complexas.

Reprodução In Vitro

A fertilização in vitro é feita com um processo laboratorial, na retirada de óvulos e coleta de espermatozoide. Assim são criados embriões, com a junção de ambos, para depois serem inseridos no útero. As maiores chances de conseguir gerar a vida com a técnica é com a inserção através da injeção intracitoplasmática. A idade da mãe é um fator crucial no processo e ele é indicado para mulheres com idade avançada, próximo ou acima dos 35 anos.O sucesso da fertilização in vitro é muito vista em mulheres famosas que conseguiram engravidar após os 40, como Fabiula Nascimento e Viviane Araújo.

Inseminação artificial

A inseminação artificial trata-se de um processo muito simples, mas crucial para problemas de ovulação ou no sêmen. Basicamente, o espermatozoide é inserido no útero, isso ocorre no período fértil para aumentar as chances de sucesso, assim como o natural, mas com maiores possibilidades de fecundação.

Mini-FIV

Para evitar a gestação de mais de um bebê, mulheres com problemas de hormônios com resposta diminuída ou  para obter a gestação por um valor mais acessível, é usado o mini-FIV. Ao invés de tentar o sucesso através de diversos óvulos, que podem resultar na gestação gemelar, é priorizada a qualidade para atingir a reprodução humana assertiva.

Os métodos de reprodução não naturais são recomendados para problemas de infertilidade, que podem ser ocasionados por fatores genéticos, doenças crônicas, exposição a toxicidades, infecções e distúrbios, nas mulheres a idade avançada, menopausa precoce e má formação do sistema reprodutor também podem ser impeditivos para engravidar.

Por isso, o indicado é sempre procurar por um especialista para entender as possibilidades e sanar todas as dúvidas. 


Criadora do blog, apaixonada por moda e maquiagem. Movida por sonhos. Ama música, sol e praia.

Comentários no Facebook

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.


*

NAVEGUE PELOS LUGARES QUE JÁ PASSEI