Início > Lifestyle > Saiba como cuidar dos problemas respiratórios
Postado no dia 19 junho, arquivado na categoria Lifestyle

Chega o inverno e com ele vem os problemas respiratórios, seja os virais como a gripe e resfriados, ou os crônicos. Por isso, alguns cuidados são fundamentais para amenizar os efeitos dos problemas respiratórios de saúde. A baixa temperatura, as mudanças repentinas de clima e o contato com outras pessoas em lugares fechados e aglomerados colaboram para a proliferação das doenças.

Como cuidar dos problemas respiratórios

O primeiro passo para cuidar dos problemas respiratórios é se consultar com um médico especialista, somente ele pode prescrever o melhor tratamento, desde medicamentos, vacinas, até o uso de mascara CPAP ou concentrador de oxigênio, para ajudar na respiração.  Outra alternativa para os problemas crônicos são as práticas esportivas aquáticas, como natação, que ajudam a expandir a caixa torácica, aumentam o fluxo de ar e trabalham a respiração como um todo.

Existem também alguns métodos caseiros que podem ajudar nos cuidados dos problemas respiratórios de saúde e na prevenção de adquiri-los. Um dos cuidados mais básicos e mais importantes é beber água, o frio pode não causar tanta sede, mas a hidratação é fundamental, deve-se beber pelo menos 2 litros de água por dia. A água contribui com a hidratação dos tecidos das narinas e alivia os problemas causados pelo ar seco. Outra dica para evitar as narinas secas é lavar frequentemente o nariz com soro fisiológico, evitando brechas para inflamações que circundam os problemas respiratórios.

O constante uso de ar condicionado e o tempo seco podem ser um grande agravante dos sintomas dos problemas respiratórios, por isso é importante umidificar o ar, colocar bacias com água nos ambientes ou utilizar umidificadores. Os locais fechados também são prejudiciais, pois são neles que os vírus e bactérias fazem a festa, por isso, a ventilação é fundamental.

Sabe aquelas dicas de vó? Elas também servem no caso dos cuidados com os problemas respiratórios.  Como ingerir alimentos saudáveis, ricos em vitamina C e andar bem agasalhado. Outro método indispensável é higienizar bem as mãos e andar com aquele álcool em gel na bolsa, já que as mãos estão em constante contato com bactérias e podem ser facilmente recebidas pelo organismo.

Entre todos os problemas respiratórios existentes, que dificultam o dia a dia de muitas pessoas, os mais comuns não são somente as gripes e resfriados, há também as seguintes doenças:

Bronquite

A Bronquite nada mais é do que uma inflamação dos brônquios, responsáveis por conduzir o ar até o pulmão, que quando irritados, ficam estreitos e aumentam a produção do muco. Este problema respiratório é causado por vírus ou bactérias e pode ser reconhecidos como bronquite aguda ou bronquite crônica.

Asma

É uma doença inflamatória crônica dos brônquios que ficam estreitos e diminuem a passagem do ar. Quem tem este problema geralmente têm as vias aéreas mais sensíveis ao ar frio, à fumaça de cigarro, à alternância de climas, e alérgicos a produtos com cheiro forte. Além disso,  no caso da asma o fator genético é fundamental, já que o problema respiratório pode ser passado por gerações.

Rinite

A rinite é uma inflamação aguda ou crônica, infecciosa, alérgica, e em sua maioria causada por vírus, que causa forte reação do corpo a elementos específicos que não são agressivos ao físico, como alergia a pêlos de animais, por exemplo. Uma crise de rinite pode provocar a obstrução nasal, espirros e coriza.

Sinusite

A sinusite também é uma doença inflamatória, que atinge as mucosas das cavidades existentes no nariz. É quando há um acúmulo do muco, inchando a mucosa das cavidades e gerando inflamação. As crises são desencadeadas por resfriados ou gripes frequentes, umidade do ar baixa, desvio de septo, ou processos alérgicos.

Newsletter


Criadora do blog, apaixonada por moda e maquiagem. Movida por sonhos. Ama música, sol e praia.

Comentários no Facebook

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.